sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

a história dos livros banidos num infográfico da Shortlist



Às vezes não nos apercebemos da sorte que temos. 
Ainda há muitos países (e civilizados, como a Austrália), que banem livros aparentemente normais ou aceitáveis no resto dos países do mundo.
Aqui em Portugal julgo que a mania de proibir livros acabou com o fim do reinado de Santana Lopes como secretário de estado da cultura. Mas posso estar enganada. 

A publicação é do site Shortlist, deste artigo.

A maioria dos livros banidos são realmente obras que tiveram o seu impacto e escândalo na altura da sua publicação.

E inclui livros como a Bíblia, o Códido de Da Vinci e Harry Potter. 


Enviar um comentário