domingo, 19 de outubro de 2014

quase deixava escapar esta: Afonso Reis Cabral vence Prémio Leya com “O Meu Irmão”

O jovem Afonso Reis Cabral, de 24 anos (#inveja) vence o prémio Leya de 2014.

o resultado foi conhecido no dia 17:

sobre o autor (retirado integralmente do site da Leya):
"Afonso Reis Cabral nasceu em Lisboa em 1990 e cresceu no Porto onde estudou, no Colégio dos Cedros até ao 9º ano e na Escola Secundária Rodrigues de Freitas. Em 2005 publicou o livro de poemas “Condensação” onde reúne poemas escritos entre os 10 e os 15 anos. Afonso escreve desde os 9 anos, começou na poesia e depois experimentou a prosa. Em 2008 ficou em 8º lugar no “7th European Student Competition in Ancient Greek Language and Literature” entre 3532 concorrentes de 551 escolas europeias e mexicanas. Foi o único português a concorrer.

É licenciado em Estudos Portugueses e Lusófonos, pela Universidade Nova de Lisboa, instituição de onde tem, também um mestrado em Estudos Portugueses. Trabalhou como revisor em diversas editoras e sempre se imaginou a trabalhar na área cultural. Atualmente trabalha numa editora."

e, mais interessante, sobre o Livro vencedor, «O meu irmão»:

"O livro premiado trata de um tema delicado, que poderia suscitar uma visão sentimental e vulgar: a relação entre dois irmãos, um deles com síndrome de Down. A realidade é trabalhada de uma forma objectiva e com a violência que estas situações humanas, podem desenvolver, dando também um retrato social que evita tomadas de decisão fáceis, obrigando a um investimento numa leitura que nos confronta com a dificuldade de um mundo impiedoso. "


Tenho que confessar que ainda me faz confusão haver por aí gente que nasceu nos anos 90 a dar que falar. Mas é bom sinal. E fico convencida que se calhar esta geração de jovem adultos afinal não está perdida de todo para a Cultura.
E fico com muita curiosidade para ler este livro. 


Fica aqui uma foto do rapaz:
Enviar um comentário